Home Norma Villares Os Quatro Princípios Toltecas

Os Quatro Princípios Toltecas

Os Quatro Princípios Toltecas

Amigos de perto e de longe, da alma e coração.

No zig e zag da vida, eu estava procurando idéias para escrever um texto pra vocês, e li estes princípios toltecas que me encantaram, traduzem a  filosofia de vida ética ancestral  de excelência para uma convivência harmônica.

E desde os tempos remotos encontramos em toda história textos que tocam o nosso coração e fazem pensar e repensar a vida.  Na verdade  estes ensinamentos estão à disposição para que cada um de nós descortine seu eu verdadeira e viva consoante o despertar desta  consciência. Muitos se encontram sem despertar desta apatia consciencial. A inanição de conhecimentos, a inapetência usual não consegue despertar tais consciências para a luz da sabedoria.

Todavia, é preciso que cada ser humano descortine os véus  de sua ilusão pessoal  e caminhe em direção a esta filosofia e ética profunda.  Este resumo infere-se sobre a Magia Divina e traduz num código de ética que toca sutilmente o coração de sencientes.

Seja impecável com a sua palavra

“Fale com integridade. Diga somente o que você realmente quer dizer. Evite usar a palavra para falar contra você ou fazer fofocas de outras pessoas. Use o poder da sua palavra no sentido da verdade e do amor.

Isto me lembra muito da parábola sobre o sentido da necessidade das coisas, em Sócrates. Somente podemos falar algo que é verdadeiramente útil e que não prejudique nenhum de nossos pares. A Fraternidade Universal agradece (e por favor, quando digo Fraternidade Universal remeto ao sentido global e não ao de uma seita ou organização, mas em um sentimento latente no coração de cada ser humano). Busque o sentido da Verdade…

Acredito que a mensagem principal seja esta, mas o que será a Verdade? Acredito que qualquer palavra limitaria o conceito desta nobre idéia.

Não leve as coisas para o lado pessoal

Nada que as outras pessoas fazem é por causa de você. O que os outros dizem ou faze-me uma projeção da realidade deles, de seus próprios sonhos. Quando você fica imune às opiniões e ações dos outros, você não será vítima de sofrimento desnecessário.

Caramba, mas isso sim é conselho neste mundo de pessoas perdidas e com a mania de perseguição. Alguém teria este estranho hábito? Eu já sofri muito deste mal e ainda sofro, porém cada dia é um passo para o crescimento. Quando dizemos que o mundo está contra nós estamos assumindo a posição mais egocêntrica em nossas vidas, pois achamos que somos o centro do universo e que tudo gira em torno dos nossos problemas e anseios. O mundo já é complicado demais para que se preocupem somente contigo, portanto deixe de “frescuras” e viva a sua vida.

Não faça pressuposições

Tenha a coragem de fazer perguntas e de expressar o que realmente você quer. Comunique-se com os outros o mais claramente possível, para evitar mal-entendidos, tristezas e dramas. Somente com esse princípio você poderá transformar completamente a sua vida.

Não vou nem comentar…

Sempre faça o seu melhor

O seu melhor muda de um momento para outro; será diferente quando você estiver bem de saúde e quando não. Em qualquer momento, faça simplesmente o seu melhor, e assim você evitará auto-julgamento, auto-abuso e arrependimentos.

O arrependimento é bálsamo eficiente e eficaz, isso é importante ser discutido, pois em todas as nossas relações sempre observamos outrem a reclamar de seus mal passos dados em relação a pessoa A ou B. Para que isto seja evitado, uma coisa é simples: busque ser a melhor pessoa que puder e não menos e nem mais. Assim, evitará problemas como os do tipo: – fulano nunca me amou e etc. Siga sempre a intuição humana que diz: – se você fez o melhor que pode então siga em frente e não viva coisas que já estão mortas para a vida em si.”

Os toltecas foram um povo pré-colombianomesoamericano dominou grande parte doMéxico Central entre o século X e o século XII.

A antiga capital tolteca revela pistas sobre as crenças e comportamento de seus habitantes. Com o aparecimento dos chichimecas, povo bárbaro que deu origem posteriormente ao Império Asteca, provocou a queda do Império Tolteca. Eles invadiramTula, no século XII, dominando-a por completo, e mais tarde deu origem ao Império Asteca e muito influenciou a cultura Maia.

Era um povo de grande sabedoria, deixando um legado de conhecimentos e filosofia de vida. "Tolteca"significa Sua cultura influenciou os Maias e, posteriormente, os Astecas. O termo Toltecasignifica povo de Tula (ou Tollan, lugar dos caniços). “homens de conhecimento”, seres humanos que dedicavam a arte de bem viver com consciência e percepção elevada. Povo pragmático, austero, valorizava mais a utilidade que a forma filosofia "Tolteca" deixou um código é uma espécie de código Hamurabi pré-colombiano, porém bem mais sutil e com uma mensagem profunda e que toca nossos corações. Deveríamos notabilizar as coisas do passado e dar uma nova roupagem a elas. Edgar Morin nos diz que as novidades do mundo são na verdade reflexos de idéias antigas.

"Faça quatro compromissos com você mesmo e transforme sua vida em uma nova experiência de liberdade, verdadeira felicidade e amor!

Que esses quatro princípios, toque seus corações e vibrem em suas almas.


Fonte:

1. Don Miguel Ruiz. Os Quatro Compromissos: O livro da Filosofia Tolteca. Editora Best Seller.

2. http://pt.wikipedia.org/wiki/Toltecas

Banner